top of page

Como manter um relacionamento seguro depois do casamento?



No Rio de Janeiro, viveu um homem chamado José Datrino, mais conhecido como profeta Gentileza, que dizia que GENTILEZA GERA GENTILEZA.


Inspirada nele, eu digo: Respeito GERA respeito.

Não é novidade que o respeito é a base de qualquer relacionamento sólido, não é só no casamento.

E nas relações de modo geral, família, amigos, trabalho, é preciso identificarmos para podemos modificar.

Por isso, o respeito com o seu esposo, sua esposa é fundamental, por vezes, pode-se ter dificuldade de enxergar a situação.

Porque as diferenças culturais, ficam nítidas na convivência.

A cultura da educação, a família, o temperamento, enfim.

Considerando a cultura, exemplo:

Um foi educado de uma forma, o outro de modo diferente, um tem uma família funcional, o outro uma família disfuncional.

Por exemplo, um pode ter uma família estruturada e por isso, ter atitudes e comportamentos alinhados à maturidade emocional e familiar.

Às vezes, tem atitudes rígidas, pautada no modelo internalizado da família.

Já o outro, possui uma família desestruturada, com isso, tem atitudes e comportamentos desalinhados e muitas vezes, não está preparado para o casamento. Se coloca no lugar de filho, filha, ao invés de parceiro (a), enfim.

Observa-se, um outro exemplo: Ela veio de uma família rígida, organizada, com isso, ela cresceu e se percebe como detalhista e cuidadosa, ele não.


Frente a uma situação, é preciso além de identificar a disfuncionalidade, é necessário respeitar o limite do outro e procurar ajudá-lo no que lhe for possível, através de um diálogo amoroso e respeitoso. A comunicação é imprescindível como uma alavanca para a mudança, proporcionando a harmonia entre a relação.

Você sabe quais são os seus pontos fortes e os seus pontos fracos?

Conhecer a si mesmo e suas próprias necessidades ajuda a comunicar de forma clara com o parceiro (a).

Quando você está ciente dos seus próprios sentimentos, desejos e limites, pode expressá-los de maneira respeitosa, evitando conflitos desnecessários. Se colando através de uma conversa, de um diálogo.

Trago pra vocês um episódio como exemplo:

Um casal entrou em desentendimento a caminho de um evento, onde ele era o palestrante, ele falava A e ela entendia B e vice-versa, a esposa teve o discernimento de ao invés de continuar a discussão, preferir conversar em outro momento. Depois sentaram e dialogaram!

É importante considerar os valores de cada um e respeitá-los nas diferenças, essa é uma das chaves do relacionamento saudável.

Respeito gera respeito.

Respeitar os limites na individualidade do outro, tudo que é demais sufoca. (Controle, insegurança, telefonar, etc).Concorda?

Outro aspecto importante é respeitar a intimidade que édiferente da individualidade, que é feita pelas escolhas.

Exemplo: O fato dele escolher jogar futebol 1 vez na semana ou ela o chá das 17h com as amigas, é a forma de alimentar a intimidade, aquilo que lhe é saudável.

Não quer dizer que a escolha invalida o afeto de um pelo outro. É necessário termos espaço para ir e vir!

Como também na escolha de um alimento, uma roupa, enfim.

O fato de um ser organizado, pontual, não quer dizer que é chato (a) por ser assim.

Ou, o outro ter como valores, a integridade e a excelência. É importante conhecer os valores de cada um.

Outro aspecto, é respeitar a família de origem do cônjuge, para construir uma relação de equilíbrio e harmonia e blindar o casamento (Pais, irmãos, cunhadas).

Aprender a tratar bem a família do outro.

As famílias ganham um novo membro, não perdem, seja um novo filho ou uma nova filha.

Uma contribuição que nos ajuda a pensar sobre esse tema, é o livro "As 5 Linguagens do Amor", um conceito desenvolvido pelo escritor Gary Chapman.

Segundo ele, existem cinco maneiras principais pelas quais as pessoas expressam e recebem amor:

Palavras de afirmação:

Você é especial, você é importante, etc.

Tempo de qualidade:

Reservar um tempo para ficar junto, seja assistindo um filme, conversando, trocando ideias, tirando dúvidas

Presente- Exemplo Roberto Carlos, deixar um bilhete,para sua amada por onde passava rsrsrs.

Presentear com aquela sandália que a esposa viu na vitrine e gostou, com a camisa que ele disse vou comprarquando receber! rsrsrs

Atos de serviço- se colocar a serviço do outro dentro.Cuida do outro .... Estar a serviço, sempre que possível disponível para o outro.

Toque físico é a troca de carinho, o aconchego.

Para manter um relacionamento seguro, é essencial conhecer as preferências do seu parceiro em relação a essas linguagens do amor.

Por exemplo, se seu parceiro valoriza palavras de afirmação, lembre-se de elogiar, apreciar e encorajar com frequência.

Se o tempo de qualidade é importante para o seu parceiro, dedique momentos de qualidade juntos, sem distrações, para fortalecer a conexão emocional.

Ao se esforçar para construir um relacionamento mais seguro, é esperado que isso gere no seu companheiro o mesmo sentimento, afinal tudo começa com o respeito, meus amores.

O respeito é a base de tudo.

Recentemente, li um artigo bem interessante no site da BBC Brasil, sobre 6 frases tóxicas que podem ser evitadas para tornar o relacionamento saudável.

São elas:

1. 'Você é louco (a) / Você está exagerando / Você é muito sensível'

2. 'Eu estava brincando'

3. 'Você me fez fazer isso/ É tudo culpa sua'

4. 'Se você me amasse, faria isso / me deixaria fazer isso'

5. 'Todo mundo concorda comigo, menos você...'

6. 'O verdadeiro problema aqui é isso isso isso ....

Essa é uma tática para tentar mudar de assunto e desviar do foco da conversa, segundo a psicóloga de Harvard.

Link da matéria:

Conversas construtivas, respeitosas podem fortalecer um relacionamento, evitando o desgaste.

Se faça essas perguntas:

Qual atitude que o seu cônjuge tem que te incomoda?

O que você faz que incomoda o seu cônjuge?

Comunicar de forma clara e respeitosa isso me incomoda, às vezes, o outro não sabe do seu incômodo.

É importante expressar seus sentimentos e necessidades, mas também ouvir o que o seu parceiro tem a dizer.

A comunicação eficaz envolve escutar atentamente, sem interrupções, e evitar críticas ou ataques pessoais. Lembre-se de que vocês estão juntos para crescer e se desenvolver como casal.

Além disso, é importante identificar os pontos fortes e os pontos que podem ser melhorados na relação.

Reconheça os pontos fortes do seu parceiro e elogie-os. Isso fortalecerá a autoestima e o vínculo entre vocês.

Por outro lado, é importante abordar os pontos que podem ser melhorados com delicadeza e empatia.

Reflita sobre isso e assegure uma vida a dois com maturidade e compreensão. Caso sinta a necessidade, procure ajuda profissional, de um médico, psicólogo, analista, enfim.


Muita Paz.

Comments


bottom of page